28 de março de 2016

Faith,Hope and Love - 12º Capítulo

Os dias se passaram. Após Zachary e Vanessa reatarem o namoro, ambos se dirigiram novamente ao velório. Algumas horas depois, o momento difícil. A família Efron deixava para trás no cemitério o corpo já sem vida do caçula, a alma jovem e alegre que ficaria viva apenas na memória de cada um deles. Os dias seguintes foram difíceis. Starla e David viajaram para uma fazenda para tentar espairecer um pouco a mente. Zachary se afundou na solidão e não deixava que ninguém se aproximasse, nem mesmo Vanessa.

A morena estava cada dia mais aflita. Após o término de seu namoro com Austin ser confirmado na mídia, os números de paparazzis em cima dela triplicaram. Todos queriam saber dela e Zac. Ela não respondia nada, afinal, nem ela mesma sabia.

-Amiga, não aguento mais isso! Estou ficando louca de pensar no pior. Zac sumiu. Não me atende, não está em casa. Ninguém sabe dele. E se ele...

-Nem ouse terminar Vanessa. Ele não seria capaz de fazer nada. Zac precisa de espaço. Pelo que conheço dele, ele quer viver seu luto sem ninguém para sentir pena.

-Mas... Não me conformo. Eu queria estar ao lado dele, para apoiá-lo. Nem parece que voltamos.

Vanessa suspirou triste e olhou pela janela as gotas grossas e constantes que caíam do céu.

-Ash... Eu vou para a casa dele. Não sei. Talvez ele volte. Só quero me sentir mais perto dele. Isso está acabando comigo.

-Eu sei amiga. Olha, arruma algumas coisas suas e eu te levo lá. Tia Starla deixou a chave da casa dele comigo. Tenho certeza que ela não se importara de você ficar lá.

Vanessa subiu para seu quarto e arrumou uma pequena mala com seus pertences. Logo estava deitada na cama de Zachary, em total silêncio. Esperava que ele voltasse logo. Não suportaria mais sem ele. E em meio à angústia acabou dormindo.

Duas horas depois, a jovem acordou e olhou através da janela, percebendo que já era noite. Ouviu um ruído vindo do andar debaixo e correu para ver o que era. Grande foi sua surpresa ao encontrar Zachary enroscado no sofá-cama que havia na sala. Estava com as roupas molhadas, o suor escorria por seu rosto, alguns filhos de cabelo estavam grudados na testa. O mais velho estava dormindo e tremendo. Aparentemente estava doente e com frio.

Vanessa ouviu Zac tossindo e se remexendo e correu para o lado dele. Colocou a mão sobre sua testa e viu que o mesmo estava ardendo em febre.

-Você não pode ir, Dylan. Não me deixe aqui sozinho... Eu te amo, irmão...

Zachary estava delirando devido à febre.

-Não... Não! Dylan volta!

O dono dos olhos azuis deixou lágrimas escorrerem. Estava aflito e se remexia cada vez mais. Vanessa estava ficando apavorada. Tentava acordar Zac, mas não tinha sucesso.

-Nessa... Meu amor... Eu preciso tanto de você agora... Dylan me deixou... Você já me deixou antes... Não me deixe mais... Não vou suportar perder mais alguém que amo. Dói tanto...

As lágrimas aumentaram e Zachary começou a se debater contra o nada.

-ZAC! AMOR ACORDA!

-NÃO! Nessa, fica aqui. Por favor... Nessaaaaaaaa!

Zac acordou num sobressalto e olhou ao redor assustado e chorando. Vanessa o olhou triste por vê-lo naquele estado. Sentou-se no sofá e o abraçou fortemente.

-Ei... Tá tudo bem, amor. Eu estou aqui. Não irei a lugar nenhum sem você. Eu te amo!

-Nessa...

Zachary tentou falar, mas estava fraco demais.Vanessa fez com que ele se deitasse novamente.

-Não fala nada, meu anjo. Eu vou cuidar de você.

Disse e em seguida depositou um breve beijo nos lábios frios e secos de Zac.


Vanessa pegou um remédio para dar à Zac e o levou para o banheiro. Tirou suas roupas e colocou-o debaixo do chuveiro. Zachary estava meio grogue. Não tinha forças nem para ficar de pé. Vanessa pegou um banquinho e o colocou dentro do box para que Zac se sentasse e começou a lavá-lo.

Após o banho, secou o corpo dele, agora mais magro, e vestiu nele uma calça de moletom e uma camisa de mangas compridas. Fê-lo deitar-se na cama e cobrir-se até o pescoço. Mediu a temperatura e viu que a febre estava abaixando.

-Descansa Zac...

-Nessa... Não vai...

-Eu vou ficar aqui com você. Não se preocupe, amor. Agora dorme, sim?


Zac assentiu cansado e fechou os olhos, logo pegando no sono. Vanessa se aproximou mais dele debaixo das cobertas e o abraçou, fazendo-o ficar com a cabeça entre seus seios. Suspirou fundo, aliviada, e beijou os cabelos do namorado. Adormeceu segundos depois, após ser vencida pela exaustão de dias sem dormir direito. 

♥♥♥

Olá meus amores! Sei que o capítulo não está grandes coisas,
 mas eu realmente estou sem inspiração 
e não quero ficar em falta com vocês.
Então me perdoem! Prometo tentar melhorar!
Gostaria de agradecer por todas que me seguem, que comentam 
e que estão sempre me apoiando para continuar!
Quero também desejar uma Feliz Páscoa para todas vocês... 
Que suas vidas se renovem em Jesus Cristo
 e que a paz,o amor e a felicidade sejam abundantes em seus corações!
Amo vocês
xoxo


19 de março de 2016

Faith,Hope and Love - 11º Capítulo

-Por que você sempre reagia mal quando alguém falava de mim perto de você?

Zachary perguntou sem delongas, enquanto ambos estavam sentados em um sofá bastante escondido em uma Starbucks.

-Zac... Quando terminamos foi a pior época da minha vida. Posso não ter demonstrado, mas eu me sentia um lixo sem você. Aproveitei-me da minha fama para tentar me divertir... Fiquei com vários caras aleatórios... Comprei milhões de roupas, sapatos... Saía para beber. Eu me tornei uma pessoa repugnante. E só piorei quando percebi tudo o que eu havia perdido quando desisti de nós. Você podia não estar ali comigo fisicamente quando estávamos juntos, mas sempre fazia questão de me lembrar do quanto eu era importante para você. Sempre mandava mensagens, flores, chocolates... Já chegamos até a falar dos filhos que teríamos...

Vanessa dizia tudo segurando a mão do mais velho por cima da mesa. Sentia a garganta seca e a respiração falha. Relembrar tudo era um grande sacrifício para ela, mas ele tinha o direito de saber de tudo.

- Você sempre foi o cara perfeito. Sempre estava ao meu lado, me apoiando, me confortando e me amando. Sempre me defendia de tudo e todos e sempre confiou em mim... Eu... Sentia sua falta apesar de tudo... Você viajava demais... E eu me sentia em segundo plano. Então Josh apareceu. Ele sempre deixou claro que sentia uma atração física por mim. E bom... Eu sentia falta de ter alguém comigo e ele estava lá...

-Vanessa você me traiu?

-Claro que não Zac. Eu sei que não estava em meu melhor juízo, mas jamais cogitei a ideia de trair você. Eu te amava demais. Mas um dia ele se aproximou tanto que quase nos beijamos... Mas aí eu olhei para ele e vi você. Foi como levar um tapa na cara. Me afastei dele na mesma hora.... Eu nunca trairia você. O que tínhamos era importante demais. Os dias foram se passando e eu estava cada vez mais confusa. Você longe demais, Josh perto demais, eu confusa demais. Comecei a pensar que estava me apaixonando por ele, apesar de amar você.

Zac abaixou o olhar e se concentrou nos movimentos circulares que Vanessa fazia com o polegar sobre a palma de sua mão. A mais nova sabia que era difícil para Zac ouvir tudo aquilo, mas era preciso esclarecer tudo.

-Daí eu e você fomos para o Havaí. Apesar de querer aquele momento mais que tudo, eu estava distante de você. Não sabia o que fazer. Me sentia verdadeiramente mal por não estar sendo sincera em relação ao que eu sentia. Mas cada gesto seu só me deixava pior. Você era carinhoso, romântico. Quando estava com você, me sentia completa, porém, quando eu pensava que tudo voltaria ao normal, Josh tentou me beijar de novo. Eu recuei, mas quis aquele beijo. E depois fiquei pensando em como seria se ele tivesse acontecido. Mas aí seus olhos me vinham a mente e todos os nossos momentos. Foi quando percebi que não estava valendo a pena para nós. Não era justo ficar com você, sem ter a certeza do amor que eu sentia. Então eu resolvi acabar com tudo...

-Eu... Nem sei o que dizer, nem o que sentir. Não sei se lamento por não ter conseguido fazer você me amar como eu te amava, ou se fico feliz por, depois de tudo isso, estarmos aqui juntos.

-Zac, éramos tão imaturos. Talvez se tentássemos mais, acabaríamos terminando por um motivo maior e não teria volta. Mas Deus escreve certo por linhas tortas, não é? E se ele está nos dando uma segunda chance, vamos aproveitá-la.

Vanessa sorriu levemente para Zac, mostrando toda sua sinceridade, segurança e amor. Zac sentiu o mesmo e também lhe lançou um sorriso de lado.

-Vamos tentar de novo?

-Promete não me deixar de novo?

-Prometo. Isso não vai acontecer nunca mais!

-Então talvez possamos tentar mais uma vez. E espero que seja a última!

-Pode ter certeza que será!


Vanessa sorriu largamente e se levantou do sofá, sentando-se, em seguida, no colo do loiro, rodeando seu pescoço com os braços.

-Eu amo você, Zac! Ainda mais do que a seis anos atrás!

-Eu também amo você, Nessa! E continuo amando como nunca amei outro alguém!

E ali. Naquela Starbucks, sentando naquele sofá completamente colados, Zachary e Vanessa selaram o início de uma nova fase, selaram a segunda e última chance. Selaram o renascimento de um grande amor. 



♥♥♥
Oi lindas!!!
Até que enfim um capítulo novo hein?! hahaha
Demorei, mas postei!
E espero que tenham gostado da volta de Zanessa ♥
E aí o que acharam? Gostaram do visual "so cute" do blog???
Fiquem com Deus e até mais
xoxo