21 de junho de 2015

Nosso destino 7

Voltei para o quarto onde Zoe estava e a encontrei dormindo. Zachary não estava ali. Dei um pequeno beijo na testa da minha filha e saí à procura dele.

-Com licença, poderia me informar onde se encontra o doutor Efron?

-Ele está em uma cirurgia agora. Deve acabar daqui meia hora. 

-Por favor, quando ele terminar diga que a senhorita Hudgens, mãe da paciente Zoe, gostaria de ter uma palavrinha com ele.

-Tudo bem, senhorita. Darei a ele o recado.

Voltei para o quarto e me sentei na poltrona que havia ao lado da cama do hospital. Fiquei pensando em como tudo seria dali pra frente. E com meus pensamentos a mil, peguei no sono.

#Por Zachary

Saí da sala de cirurgia por volta das dez e meia da noite. Eu estava exausto. Precisava de um banho e de descanso. O dia havia sido bastante agitado.  Mas eu precisava ver minha pequena. Aliás, minhas duas pequenas.  Realmente fiquei magoado quando soube que Vanessa estava com outro. Na verdade, fiquei irado com isso. Mas depois parei para pensar. Ela cuidou da nossa filha sozinha. Pensou que nunca mais me veria. Ela só queria uma companhia e alguém para amá-la.

Fui um grosso com ela e gostaria de me desculpar. Tudo o que eu queria era que minha Nessa voltasse para mim e que enfim pudéssemos formar nossa família.

Resolvi ir ao quarto de Zoe. Avistei minhas duas razões de viver dormindo profundamente. Beijei a bochecha de Zoe e ajeitei as cobertas em cima dela. Me virei para Vanessa e a vi dormindo desconfortavelmente na poltrona. Peguei-a no colo e a deitei ao lado de Zoe.  Ela sussurrou algo inaudível e abraçou nossa filha. Era a cena mais linda que eu já vi na vida.

Não resistindo à tentação, acabei depositando um beijo em seus lábios. Péssima ideia. Vanessa abriu seus lindos e achocolatados olhos e me fitou assustada.

-Zac? –ela sussurrou.- Aconteceu alguma coisa com a Zoe?

Ela se sentou rapidamente com os olhos lacrimejando. Ela estava meio desorientada.

- Ei, Nessa. Tá tudo bem com ela. Olha para seu lado.

Ela olhou para o lado e viu Zoe dormindo. Um sorriso meigo e um olhar cheio de amor foram avistados por mim. Era incrível como Vanessa demonstrava seu amor por Zoe.  Ela beijou a testa da nossa princesa e se levantou da cama.

- Preciso conversar com você, Zac! Prometo não tomar muito seu tempo.

-Vamos até a lanchonete. Acabei de sair de uma cirurgia e estou faminto. Podemos conversar lá.

Ela assentiu com a cabeça e pegou seu casaco na poltrona. Fomos em silêncio até a lanchonete e nos sentemos em uma mesinha um pouco afastada do movimento. Uma das atendentes se aproximou de nós e nos perguntou o que queríamos.

-Uma xícara de café forte e um croissant, por favor!- pedi e olhei para Vanessa.

-Um cappuccino de chocolate, para mim, por favor.

-Trago em um minuto, com licença.

A moça se retirou e um silêncio constrangedor se instalou entre nós.

-Então... O que você queria falar comigo?

-Zac... Olha. Eu sei que o que fiz foi errado. Que não deveria ter escondido de você minha gravidez. Eu sei que eu estou errada. Mas, por favor, não tire Zoe de mim. Ela é tudo o que eu tenho.

-Vanessa, até parece que não me conhece. Eu seria incapaz de separar mãe e filha. Isso é uma coisa monstruosa de se fazer.  Eu realmente não acredito que você me privou de poder ver minha filha nascer e crescer. Um dos meus sonhos sempre foi ser pai. E você sabia disso.

-Eu sei que sim. Mas... Eu te amava tanto... E você estava tão feliz por ter conseguido entrar na universidade que tanto lutou para conseguir.  Eu estava entre a cruz e a espada. E fiz o que eu pensei ser o certo. E não me arrependo disso. Você pode me chamar de egoísta e do que quiser, mas hora nenhuma eu pensei em mim. Eu só pensava no seu bem e no bem da nossa filha. Sempre deixei bem claro para Zoe que ela tinha um pai e que ele a amava. Já mostrei fotos suas para ela. Hora nenhuma a coloquei contra você.

-Eu sei que você seria incapaz de fazer isso, Vanessa. Você tem o melhor coração do mundo. E eu realmente entendo sua atitude, apesar de não aprovar. Só espero que você não me prive de conviver com minha filha agora que a conheci. Eu seria incapaz de deixá-la. Eu já a amo mais que tudo.

-Eu nunca pediria para você se afastar de Zoe. Quero que você fique Zac. Não só por ela, mas por mim também.

Suas bochechas ficaram coradas e ela olhou para baixo, com medo da minha reação. Antes mesmo que eu pudesse abrir a boca para falar algo, nossos pedidos chegaram.

-Aqui estão seus pedidos. Seu café e seu croissant, doutor Efron. E seu cappuccino, senhorita.

Nós agradecemos e ela se retirou. Começamos a comer em silêncio e percebi que Vanessa estava envergonhada e até mesmo um pouco decepcionada. Talvez esperasse que eu dissesse o mesmo. Eu a amava, mas tinha Alex no meio da história. Eu não saberia como enfrentar essa situação.

Alguns minutos depois ouvi meu nome ser chamado pelos alto falantes do hospital. Era uma emergência.

-Bom... É melhor você ir, doutor Efron.

Vanessa disse e se levantou. Notei que uma pequena lágrima escorreu de seus olhos e ela limpou rapidamente na intenção de eu não perceber, o que foi em vão. Senti-me mal por deixá-la naquele estado.

-Quando quiser ver Zoe, basta aparecer. Nem precisa avisar. E me desculpe pelo incômodo.  Com licença.



Ela nem esperou que eu dissesse algo e logo saiu. Fiquei estático no meu lugar. Eu fui um estúpido. Despertei quando ouvi meu nome ser anunciado novamente. Peguei meu jaleco e saí em disparada à emergência. Eu ainda precisava resolver a nossa situação. Eu não podia deixar que essa chance escapasse por entre meus dedos. Vanessa estava destinada a mim e é claro que eu não iria contrariar o destino. 

+++

E depois de quase 2 meses sem postar, aqui estou eu!!!! Espero que não me matem e me perdoem por ter sumido durante esse tempo. Estamos chegando na reta final de Nosso destino. Não percam os próximos capítulos e comentem bastante. Amo vocês, meu amores ♥♥♥

7 comentários:

  1. Nhaaaaaaaaaaaa cada dia amo mais essa historia! Está totalmente perdoada, mais espero que poste com mais frequencia. Nem sou uma pessoas ansiosa e curiosa então nem estou roendo minhas unhas, afim de descobrir o final dessa historia. Posta logo! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Yeeeeh finalmente ❤️❤️❤️ tô tão feliz que voltou.
    O capitulo tá mega incrivel ❤️ espero que eles voltem logo ❤️❤️

    ResponderExcluir
  3. Uhuulll ,que surpresa boa,que pena que ja ta acabando,tomara que eles se resolvam logo,posta mais ,bjs bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oh my God.
    Como você para na melhor parte, Rafa?
    Péssima hora para o Zac virar uma estátua.
    Aff..espero que ele concerte logo as coisas.
    Ansiosa pelo próximo capítulo.
    Posta loguinho
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Ai meu coração... O Zac devia ter falado algo mesmo pra Vanessa... Espero q se acertem!!
    Ansiosa pro próximo capítulo... Posta mais
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Aah que tudoo posta logo estou adorando a fic...nossa espero que o Zac e a Vane se resolvam logo.bjos

    ResponderExcluir
  7. Ameeeei ! Voce poderia divulgar minha fic fofaa ?

    http://16desejosszanessa.blogspot.com.br/

    Muito obgggg

    posta logo logo

    beijãoo .

    ResponderExcluir