16 de janeiro de 2015

Baby I- Parte 1

Era meu primeiro dia na minha mais nova escola. Eu estava com medo. Sim, medo! Medo de ser vista com maus olhos. De ser excluída. De ser rejeitada. Era sempre assim. E não seria dessa vez que iria mudar.

Após tomar banho e fazer minha higiene matinal, vesti uma cala jeans, rasgada nos joelhos, uma blusa de manga comprida num tom de bege perolado, calcei um par de sapatilhas pretas, coloquei um par de brincos em forma de laços e peguei minha mochila.



Como não queria perder o ônibus, peguei uma maçã para ir comendo e me despedi de meus pais que estavam sentados à mesa, tomando o café da manhã.  Eu tinha uma irmã mais velha. Seu nome era Valarie, mas quando ela completou oito anos de idade, faleceu devido uma forte pneumonia.  Na época eu tinha cinco anos e, apesar de não me lembrar de muita coisa, sinto uma enorme falta dela, afinal, era minha irmã e eu a amava.

Saí de minha nova casa, prestando atenção no caminho até o ponto do ônibus para eu não me perder. Tive que andar duas quadras e ao chegar minha maçã já havia se acabado. Procurei uma lixeira e joguei o resto no lixo. Havia umas três pessoas no ponto, todas conversando, provavelmente eram amigas. Me senti um pouco solitária ao vê-las rindo de alguma coisa. Cinco minutos depois o ônibus chegou. Procurei um lugar no fundo, e para minha sorte, o último banco estava vazio. Andei lentamente até ele e me sentei. O ônibus já estava lotado. Várias pessoas conversando, rindo, algumas ouvindo músicas, outras tentando ler algum livro no meio daquela barulhada toda, outras mexendo no celular e vi até um casal trocando um beijo.

Depois de uns quinze minutos, o ônibus parou. Todos ficaram alvoroçados para descer. Esperei que todos descessem para que eu pudesse descer. Agradeci o motorista, que aparentava ter uns cinquenta anos, e ele me sorriu meigamente.

+++

Quando adentrei aquele enorme colégio, vi o que sempre via nas outras escolas. Grupinhos de vários tipos e estilos diferentes. Populares, patys, nerds...  Porque sempre tinha que ser assim? Nada contra a alta variedade de estilos diferentes, mas acho bobeira isso de tudo ser dividido. É como se fosse um padrão, padrão o qual eu nunca me encaixava. 

Peguei um papel que estava dentro da minha mochila e segui para a direção. Após acertar todos os detalhes da minha matrícula, a diretora me levou até minha sala. Era um ambiente espaçoso e com vida. Todos se falavam e se cumprimentavam e no meio da sala, havia uma rodinha de pessoas cantando enquanto um garoto tocava violão.

Como sempre, procurei um lugar mais atrás e perto da parede. Fiquei olhando aquelas pessoas se divertindo e me imaginei com elas. Eu amava cantar e também sabia tocar violão e piano. Olhei para o menino do violão e ele sorria alegremente para todos, enquanto cantava junto deles. Seu sorriso era lindo. Seus cabelos eram loiros e bagunçados. Vestia um agasalho, que parecia ser do time da escola. De repente ele olhou para mim e sorriu. Fiquei completamente sem graça por ser pega observando-o. Seus olhos extremamente azuis me fitaram tão intensamente que não consegui sustentar o olhar e desviei minha visão para uma mulher que entrara na sala, chamando a atenção de todos.

Era a professora. Ela se apresentou e parecia ser bem legal e era novata, diferente de todos os professores que eu tive na minha vida toda. Depois foi a vez de nós, alunos, nos apresentarmos para ela.

-Oi, sou Ashley Benson, tenho 18 anos e gosto de fazer teatro.

Ashley. Ela parecia simpática e bem extrovertida, apesar de ter uma carinha de anjo. Logo atrás dela estava o garoto do violão, que foi logo se apresentando.

-Sou Zachary Efron, mas todos me conhecem como Zac. Tenho 18 anos e minha vida é a música.

Zachary. Seu nome era Zachary. Um nome bastante diferente para um menino tão bonito. Depois de mais algumas pessoas foi a minha vez.

-Er... Sou... Sou Vanessa. Vanessa Hudgens! Tenho 17 anos e... Gosto de cantar e de culinária.

Eu gaguejei. Vi algumas pessoas cochichando e rindo e me senti péssima. Senti meus  olhos lacrimejando e logo tratei de me sentar na cadeira, tentando ao máximo não passar mais vergonha.

+++

Depois de três horas dentro da sala o sinal tocou para a hora do lanche. Quando saí da sala, senti uma mão me puxando.

-Olá Vanessa!

Era Ashley. A menina loira que parecia ser simpática.

-Er... Oi.

-Então... Vi que ficou sem graça e triste quando algumas pessoas da sala riram de você, mas não ligue. Aquele é o grupinho mais chato da turma. Mas enfim... Você é nova aqui né?

-Sou sim. Acabei de chegar à cidade. Vim de San Francisco.

-Legal, minha avó mora lá. Quando canso aqui de Nova York vou pra lá. Mas então... Gostei de você... Você parece ser bem... Natural.

-Natural?- não entendi se aquilo foi ou não um elogio.

-É. Sabe... Você parece ser você mesma. E... aqui a maioria das pessoas não são assim.

-Er... Obrigada. Você também parece ser bem legal.

-Eu sou demais, menina! Todos me amam.

Ela disse rindo.

-Modesta você hein?!

-Que isso... Mas então, quer ir lanchar comigo? Acho que você ainda não conhece ninguém e tal...

-Bom, se não for te atrapalhar...


-Imagina. Vem, vou te apresentar meus amigos.

+++

Oi amores da minha vida!!! Me desculpem por não ter postado ontem,mas quando cheguei de viajem,troquei de quarto,aí meu pc deu problema e acabei ficando sem internet. Mas,graças a Deus,o carinha da net veio aqui em casa hoje e arrumou tudinho!!! Aí está a primeira parte da mini fic,espero que tenham gostado.E para compensar,se tiver 3 comentários até hoje à noite,postaria a parte 2.Fiquei com saudades de vocês,lindas!!!Beijinhos e até mais tarde ♥♥♥

5 comentários:

  1. Posso dizer uma coisa:Já estou completamente apaixonada e viciada nessa fic...
    já tava com saudades das suas histórias
    posta loguinho please senão vou ter um Heart Attack aqui de tanta curiosidade kk
    xoxo ♥♥♥

    ResponderExcluir
  2. nos tbm estamos com sdds de vc!! ainda bem que vc voltou, que fofa a ashley!! amando a fic, posta logoo!

    ResponderExcluir
  3. ahhhh nao acretido que você voltou, sério ja estava com saudades... parece ser muito fofa a fic! posta logo pleasee

    ResponderExcluir
  4. Aah
    Q massa,gosto mto dessas fics de colegial!!
    Kkkkkk
    Ainda bem q vanessa já arrumou alguém p ficar durante o intervalo p n ficar só

    ResponderExcluir