19 de agosto de 2014

É tudo por você

A festa dos meus sonhos estava para chegar. Meus tão sonhados 15 anos estava para se completar. Mamãe estava preparando uma enorme festa para mim, uma festa de princesa mesmo. Somos de família rica, mas não gostamos de esbanjar nosso dinheiro, mas a festa será exceção. Segundo as palavras da minha mãe “Vanessa, minha querida, você é minha única filha e quero que você tenha uma festa de 15 anos com tudo o que tem direito”. E quem sou eu para discutir com a senhora Gina Hudgens? Se ela falou tá falado.

Sou uma das garotas mais populares da escola. Não por ser bonita, como muitas pessoas me falam, mas porque sou simpática com todos. Sou baixa, magra, tenho cabelos castanhos escuros com algumas mechas cor de mel. Meus olhos também são castanhos e tenho a pele morena. Sou estilo “bonequinha”, adoro usar saias florais de cintura alta, camisetas básicas e sapatilhas de boneca. Costumo deixar meus cabelos soltos ou presos em uma trança bagunçada. Adoro colocar algum arco na cabeça, principalmente os de lacinhos. Meio princesa demais né? Pois é, mas é meu estilo e me sinto bem assim. Sempre passo uma maquiagem básica, destacando apenas meus olhos, e na boca gosto de passar algum gloss labial nude ou um rosa clarinho.

E minha festa será desse meu estilo. Uma festa tradicional, de princesa.  15 homens, incluindo meu pai, meu avô, alguns tios, primos e amigos, dançaram valsa comigo. Meu príncipe será meu BFF, o Zac. Estranho uma garota como eu ter um melhor amigo homem? Eu não acho, aliás, Zac e eu nos conhecemos desde pequenos e não nos largamos para nada. Vou admitir que sinto uma grande queda por ele, na verdade Zac é o único garoto que me chama atenção magro, alto, olhos azuis. Ele é lindo e é uma ótima pessoa.

Desde que demos nosso primeiro beijo, ficamos as escondidas há quase dois anos. E sim, perdi meu BV com ele, e ele comigo. Tínhamos treze anos, sendo ele apenas dois meses mais velho que eu, estávamos fazendo um trabalho de química em sua casa, e quando terminamos fomo para sua casa na árvore, como sempre fazíamos nos fins de tarde. Eleonor, para mim “tia Eleonor”, mãe de Zac, havia nos levado biscoitos com gotas de chocolate e suco de laranja. Depois de nos deixar sozinhos, eu e Zac começamos a falar sobre o amor.

#FLASHBACK

-Zac, você já gostou de alguém?

-Claro que sim Nessa, eu gosto de você!

-Não é assim, Zac. Tô falando de gostar, tipo, namorados. Entendeu?

Ele assentiu com a cabeça.

-E então? Já?

-Não sei Nessa. Acho que não.

-E você já beijou alguém?

-Hãn... Não! Você já?

Senti minhas bochechas corando e apenas acenei negativamente.

-Er... E por que não, pequena?

-Não sei, Zac. Tenho medo. Sabe, de não saber o que fazer... Ou de beijar errado.

-Não deve ser tão difícil assim, Nessa. Já vi minha irmã beijando seu irmão muitas vezes, parece ser fácil. O que você acha de tentarmos?

Assim que ouvi sua pergunta, meus olhos se arregalaram e minhas bochechas ficaram roxas de vergonha.

-O que? Não Zac. Eu não sei... E se você não gostar?

-Só vamos saber se tentarmos. Olha, é assim. Seu irmão sempre coloca as mãos na cintura da minha irmã- ele rodeou os braços em minha cintura, e minha irmã sempre coloca os braços ao redor do pescoço do Andrew- coloquei meus braços em seu pescoço.

Estávamos muito perto. Eu podia sentir sua respiração batendo contra meu rosto.

-Depois eles se aproximam, fecham os olhos e se beijam.

Ele se aproximou mais de mim, automaticamente, fechamos os olhos e segundos depois senti seus lábios contra os meus. Era estranho, mas era bom. Eu não senti mais medo. Zac moveu seus lábios uma vez, e notei que deveria fazer o mesmo. Logo, o que era só um encostar de bocas, se tornou um beijo de verdade. Senti a língua de Zac passando por meus lábios, e logo eu os abri, dando passagem para que sua língua se juntasse a minha. O beijo era calmo e apaixonado. Zac acariciava minha cintura com delicadeza, e eu fazia carinho em seus cabelos, os deixando bagunçados.

Após alguns minutinhos de beijo, fomos nos separando com selinhos e enfim, nos olhamos sorrindo.

-Uau! Isso foi...

-Incrível- completei sua frase.

Ele sorriu concordando e me puxou para mais um beijo.

#FLASHBACK

O resto daquele dia foi passado entre muitos beijos trocados por nós. Era como se estivéssemos viciados e não conseguíamos parar. E assim o tempo se passou. Há duas semanas, Zac estava em minha casa, estávamos ensaiando a valsa. Mamãe saiu por um instante, e aproveitamos para dar um beijinho, só que para nosso azar, fomos pegos por mamãe, tia Eleonor, e nossos irmãos. Não sabíamos onde enfiar a cara de tanta vergonha. Mas isso logo se passou depois da conversa que nossas mães tiveram conosco. E desde então, praticamente toda a família sabe que estamos “ficando”.

***

Os dias se passaram e finalmente o dia da minha festa chegou. Tudo estava pronto. E enfim chegou a hora de eu ir para o salão onde aconteceria a grande noite. Fui de carro até o local com papai e mamãe e quando cheguei lá, Zac me esperava do lado de fora. Ele me ajudou a descer, segurando minha mão e depois depositou um leve beijo em meus lábios.

-Você tá linda, Nessa!

-Obrigada, Zac. Você também tá lindo.

Eu disse retribuindo o beijo.

Estava tudo perfeito.

Vanessa:



Zac:

 Salão da festa:

















A festa estava incrível. Via-se de longe que todos estavam se divertindo. Quando deu meia noite, fui dançar a valsa. Primeiro com meu pai. Depois meu avô, depois meus tios, primos e amigos e por fim, meu príncipe, Zac. Quando a ultima nota foi-se ouvida, todos começaram a gritar “beija,beija” e Zac sorriu para mim, me dando um terno beijo, sendo seguido de gritinhos histéricos de minhas amigas.

Antes de cantar os parabéns, Zac pegou o microfone e se dirigiu a mim. Ele segurou uma de minhas mãos e olhando em meus olhos começou a cantar nossa música preferida Lego House - Ed Sheeran. 

Ao termino da música, meus olhos já estavam banhados em lágrimas.

-Bom Nessa. Já vai fazer dois anos que estamos ficando,e  apesar de nossa família já saber, acho que isso deve se tornar uma coisa mais formal. Você sabe que desde pequenos não nos largamos para nada. Sabe que se você sorrir eu sorrio junto, se você chorar eu choro junto, mas se você cair, eu cairei primeiro para poder segurá-la. Sabe que foi com você que dei meu primeiro beijo, que foi com você que aprendi o que é o amor, sabe que sem você não consigo ser eu, não consigo viver. E por esses e muitos outros motivos, queria saber se você aceita namorar comigo e quem sabe ficar comigo para o resto de nossas vidas?

Eu estava chorando emocionada com as lindas palavras de Zac.  Ele tirou do bolso uma caixinha e a abriu. Havia dois anéis de compromisso. Meu coração acelerou e meu sorriso ficou maior ainda.



-É claro que eu aceito ser sua namorada. Eu te amo, Zac!

-Também te amo, princesa!

Colocamos os anéis e logo estávamos trocando o beijo mais mágico de todos. Ao fundo só se ouvia risos, gritos e aplausos. Depois de apagar as velas e partir o bolo, o DJ começou a tocar e logo todos estavam na pista de dança. Depois de me divertir um pouquinho, eu e Zac fomos para a área externa do salão, onde não havia ninguém.


Sentei-me em seu colo e ele me abraçou com força, cheirando meu pescoço.

-Eu tô tão feliz, Zac! Obrigada por estar aqui comigo.

-Eu que tenho que agradecer por ter você aqui comigo. Promete que quando crescermos, você casa comigo?

-Isso é um pedido de casamento antecipado?- perguntei beijando sua bochecha.

-É. Promete?

-Prometo se você prometer que vai me amar para sempre!

-Você sabe que eu te amo e sempre vou te amar, minha princesa!

-Então daqui alguns anos, nós nos casamos. – eu disse rindo da situação.

-Daqui alguns anos você será uma Efron. Será minha mulher!

-Só sua?

-Você já é minha. Minha garota, minha princesa!

-E você é meu menino, meu amor!

Ele deu um beijo molhado em meu pescoço e traçou uma linha de selinhos até minha orelha.

-Te amo, amor!- ele sussurrou em meu ouvido, mordendo o lóbulo da minha orelha.

-Também te amo, anjo!

Senti seus lábios quentes contra os meus num beijo cálido e cheio de amor.

-It's all for you!- ele cantou baixinho em meu ouvido!


-É tudo por você!-sussurrei só para ele escutar. 

5 comentários:

  1. Lindoooo , eu já li todas as suas histórias! E simplesmente amoo.
    Beijos
    Super ansiosa para o próximo mês!
    Tizz

    ResponderExcluir
  2. Tá simplesmente PERFEITO Rafa,adoreii tão cute hehe *-*
    Já to anciosa pra próxima
    Posta loguinho
    xoxo ♥♥♥

    ResponderExcluir
  3. Ain...que fofoo!.
    Que história linda!
    Eu super amei.
    Muito fofinho os dois juntinhos.
    Awn *--*
    Ficou perfeita como sempre,Rafa.
    Arrasou mais uma vez.
    Posto loguinho
    Bjos, flor

    ResponderExcluir
  4. Own meu deus foi muito fofo. Eu amei rafa.
    quero mais viu? Ta muito lindo, amiga.♡♡♡♡♡♡♡

    ResponderExcluir
  5. Ooh foi lindooo e magico!!!
    Ameiii!!!

    ResponderExcluir