23 de março de 2014

A Culpa é do Instagram (Dedicada à Julie Brooky)

Mais um deprimente e entediante dia chega ao fim. Já tô cansada de viver a mesma coisa todos os dias. Acordar cedo, ir para a faculdade, chegar na hora do almoço, ir para o trabalho, voltar pra casa altas horas da noite, me jogar na cama e me ferrar num sono profundo. Sim. É isso que você está pensando: "Que vida mais entediante!". Prazer, essa é minha vida, a vida de Vanessa Hudgens.

Tenho 23 anos e vivo sozinha aqui em Las Vegas desde os meus dezessete. Meus pais vivem em Nova Jersey. Trabalho em um cassino e estudo psicologia na University of Nevada.  Tenho poucos amigos, pra ser mais sincera, apenas uma amiga, Ashley Tisdale. Ela é uma garota “podre” de rica, formada em moda. Uma verdadeira patricinha, mas uma grande amiga.

Bom, hoje não foi um dia diferente. E assim que cheguei em casa, depois do trabalho, tomei um banho demorado e relaxante, coloquei um moletom e me joguei debaixo das cobertas. Peguei meu Iphone e entrei no Instagram para ver o que havia de bom. Assim que entrei no aplicativo dei de cara com uma foto do garoto mais lindo e sexy que já vi na vida.

Mesmo nunca o tendo visto, eu era completamente apaixonada pelo loiro dos olhos azuis que vivia nos meus pensamentos. Eu o sigo e sempre curto suas fotos, mas ele nem sabe da minha existência. Sendo tão lindo do jeito que é, duvido que ele seja solteiro. Isso aí, 0% de chances pra mim. 

Não sei de onde ele é, mas nunca o vi aqui em Las Vegas.  Talvez ele não frequente cassinos e nem coisas do tipo.  A única coisa que sei sobre ele é o seu nome, Zac Efron. Apenas isso. Já procurei por ele na internet, mas nada.

Como sempre faço, curti essa nova foto dele, mas dessa vez resolvi comentar. Não sei de onde tirei coragem, mas eu não tinha nada a perder mesmo.  Assim que comentei, desliguei meu celular e logo dormi.

No dia seguinte, passei mal na faculdade e saí mais cedo.  Quando deu a hora de eu ir para o trabalho, ainda me sentia mal, por isso liguei avisando que não iria, mas que no dia seguinte faria hora extra.  O resto do meu dia foi passado na minha cama, debaixo dos cobertores, assistindo a vários filmes. Eu estava com febre e um pouco enjoada.  Como  eu estava cansada, ás oito horas, acabei pegando no sono.

Acordei mal no outro dia. Não fui à faculdade. Entrei no instagram e lá estava ele novamente. Zac Efron. Dessa vez, ele havia postado uma foto dele fazendo biquinho – e que vontade de beijar aquela gostosura- e tinha escrito “mais um dia à procura dela, mas o destino tá de sacanagem comigo”.

Fiquei pensando nisso a manhã toda. E a dor de saber que eu nunca o iria encontrar me mata por dentro.  Minha melhor amiga diz que isso é um amor platônico, afinal, como posso ser absurdamente apaixonada por um cara que nunca vi?! Enfim, não importa o que seja, mas eu nunca senti algo tão forte por alguém, nem mesmo pelo meu primeiro namorado.

Como sempre curti a foto dele, mas não comentei.  Olhei as horas e vi que já era hora de me arrumar. Optei em usar uma calça preta, que ficava colada em minhas pernas, uma tomara que caia na cor preta, um sobretudo com estampa em preto e branco, e um scarpin camurça na cor vermelha.  Deixei meu cabelo preso em um coque, com alguns fios soltos e a franja também. Destaquei meus olhos com um rímel e um lápis preto. Passei um pouco de blush para dar cor às minhas maças do rosto que estavam pálidas, e um brilho labial.



************************************************************************

O cassino hoje estava lotado. Já eram duas da manhã e eu ainda estava servindo muitas pessoas. O sono já estava consumindo o meu corpo, mas eu precisava fazer hora extra até a hora que o cassino fosse fechado.  Eu estava levando um martini para um senhor que estava jogando pôquer. Eu um relance olhei para a porta do estabelecimento e vi um cara alto e musculoso surgir por ela. Não sei o porquê, mas senti meu coração disparar e minhas pernas estremecerem. Tentei visualizar seu rosto, mas ele estava de cabeça baixa, me impedindo de poder ver qualquer traço de sua face.

Ouvi outro senhor me chamar, pedindo para que eu lhe levasse um uísque. Corri até o barzinho e logo tratei de encher um copo com a bebida. Entreguei ao senhor e voltei meus olhos ao redor do lugar, procurando o rapaz desconhecido.

De repente, senti fortes braços rodearem minha cintura e uma respiração quente bater contra a minha nuca.

-Até que enfim eu encontrei a garota desconhecida e completamente linda e sexy que vive curtindo minhas fotos no Instagram.

Senti meus pelos na nuca se eriçarem ao ouvir aquela voz tentadoramente rouca e sensual.  Minhas pernas amoleceram e tive a sensação que a qualquer segundo eu iria desfalecer ali mesmo. Senti aqueles braços fortes me segurarem mais firmemente ainda. Tomando coragem, passei minhas mãos por suas mãos, que estavam em minha barriga, e pude sentir a textura lisa e macia da sua pele.

Com cuidado para não me soltar daqueles braços, me virei de frente para o rapaz e quando meus olhos bateram nos seus, entrei em estado de choque.
Era ele. O cara do Instagram. Zac Efron. O garoto por quem sou apaixonada desde sempre.

Meus olhos ficaram úmidos por causa das lágrimas que surgiram. Um sorriso bobo se abriu em meus lábios. Minha mão direita entrou em contado com a pele daquele rosto angelical e macio.

-Eu não consigo acreditar que isso está mesmo acontecendo. É você? Zac Efron?

-Sim Baby V, sou eu mesmo. Cara, você é muito mais gata pessoalmente!

Quando o ouvi dizer isso, meu sorriso só aumentou de tamanho, mas como tudo que é bom dura pouco, ouvi mais um indivíduo filho de uma boa mãe me chamar novamente pedindo alguns petiscos.

-Olha, eu tenho que continuar a trabalhar. Hoje faço hora extra e fico aqui até o cassino se fechar. Se estiver tudo bem pra você, me espere na saída. Agora tenho que ir.

Com muito custo saí daqueles braços totalmente acolhedores e fui buscar o que o senhor havia me pedido. Quando olhei para trás, vi Zac sorrindo pra mim e logo ele deu uma piscadinha com aqueles olhos azuis safiras. Dei uma pequena risada e continuei a trabalhar.

Três horas da manhã. O cassino já estava parcialmente vazio. Meu chefe havia me liberado para que pudesse ir embora. Dei graças a Deus, mas algo me angustiava. Desde aquela hora, eu não havia mais visto Zac. Talvez ele tivesse ido embora. Lá se foi meu sonho mais uma vez. Tirei meu uniforme, que era um vestido até muito sexy por sinal, e vesti minha roupa. Me despedi de alguns colegas de trabalho e saí do cassino. Olhei para os lados e nada de Zac. Ele realmente se foi.

Enquanto meus olhos derramavam algumas lágrimas de decepção, eu tentava chamar algum táxi, mas parece que ninguém estava disposto a parar. De repente, um Jaguar 
F-Type preto parou na minha frente e lá estava ele. Zac!

Ele desceu daquele carro deslumbrante e abriu a porta pra mim, com aquele sorriso tentador. Deu a volta e se sentou no banco do motorista e logo ligou o som, deixando soar pelo ambiente a música Wherever You Will Go, uma das minhas preferidas.  Eu não fazia ideia para onde estávamos indo, mas não me importei. Era sábado e no outro dia eu não trabalhava. Eu e Zac fomos cantando as músicas que tocavam na rádio.

Meia hora depois paramos em frente a uma casa bastante luxuosa.



Em questão de minutos eu estava sentada em um sofá completamente confortável, enquanto eu esperava Zac que estava na cozinha pegando duas taças de vinho para nós.

-E então?!

Eu não sabia o que dizer... Queria perguntar a ele muitas coisas, mas eu estava tão tímida.

-E então?!- ele me retrucou. - Afinal, qual é o seu nome mesmo? No Instagram está apenas Baby V...

-Ah claro, me chamo Vanessa. Vanessa Hudgens.

-Gostei do nome, senhorita Hudgens. Então, vamos brindar a esse encontro! Você não tem ideia de quanto tempo eu fique procurando por você.

Senti minhas bochechas corarem. Zac ergueu sua taça e brindamos ao nosso “encontro”. Minutos depois, já havíamos tomado duas taças de vinho.  Eu não estava bêbada, mas já estava mais alegre que o costume. Vi Zac ligar o som e deixar uma música lenta tocar, tornando o ambiente num verdadeiro encontro romântico.

-Me concede essa dança?

Ele fez referência e sorriu. Peguei sua mão e ele me puxou para perto, colando nossos corpos.

A música tocava e nós dançamos lentamente, agarradinhos. Zac mantinha suas mãos em minha cintura, e eu em seu pescoço. Deitei minha cabeça em seu ombro e senti-o depositar doces beijos em meu pescoço. Me arrepiei todinha e passei minhas mãos por seus cabelos aloirados e desalinhados de uma forma sexy.

-Vanessa, pode parecer coisa de outro mundo, mas eu gosto de você mesmo antes de te conhecer. Desde a primeira curtida sua em minha foto. Desde esse dia eu não paro de pensar em você e nem de te procurar.

Ele agora estava me olhando nos olhos, e tudo o que dizia parecia ser sincero. Senti uma montanha russa de felicidade Se explodir dentro de mim.

- Se isso for coisa de outro mundo, então eu sou uma verdadeira E.T.

Rimos do meu comentário idiota, mas que era verdadeiro.

-Talvez seja cedo para falar isso, mas...  Eu estou loucamente apaixonado por você, Vanessa!

-Eu também estou apaixonada por você.

Ele aproximou seu rosto do meu e eu pude sentir sua respiração acelerada e quente. Olhei uma última vez suas safiras brilhantes e fechei os olhos. Senti o gosto doce e mentolado de seu beijo. Ele passou sua língua em meus lábios e eu logo abri a boca dando passagem para que ela pudesse se juntar a minha numa batalha molhada e deliciosa.
O beijo se intensificou. O ambiente ficou mais quente. O ar estava escasso. Beijos no pescoço. Mãos bobas percorrendo ambos os corpos. Suspiros de prazer. Roupas jogadas no chão. Gemidos. Êxtase. Amor.

Estávamos deitados, nus, em sua cama. Nossos corpos quentes e suados. Estávamos agarradinhos, sem deixar qualquer milímetro nos separar. Nos olhávamos com intensidade, ambos com um enorme sorriso no rosto.

- Nós somos loucos. – eu disse quando ele passou uma mão em minha perna que estava em cima de sua cintura.

- A culpa é do Instagram.

Ele sorriu maroto e me puxou para mais perto ainda, me dando um beijo molhado e terno.

-Eu te amo, Baby V.

- Também te amo, Zac!
____________________________________________________________

Hi Girls!!! Espero que tenham gostado dessa primeira mini fic. Divulguem bastante e até a próxima!!! Kisses

9 comentários:

  1. OMG! Rafa está perfeito!
    eu amei, amiga. eu quero ler mais.
    posta mais por favor? rsrsrsrs serio tá lindo.

    ResponderExcluir
  2. PAROOOOOOOO! Isso acontece de verdade?! Pq to precisando q se torne realidade :D VELHOOOOOOOO FICOU PERFEITAMENTE PERFEITO! Vou te dar varias e varias ideias *-*

    ResponderExcluir
  3. Amei, esta perfeita!!!
    Ansiosa para o proximo capitulo!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Ain...eu super curtir.
    Eu amei.
    Posta mais
    Bjos, Rafa.

    ResponderExcluir
  5. Ameiiiiiiiiiiiiii

    quero maisss,posta logo

    bjuss

    ResponderExcluir
  6. Ameii tá muito lindo hehe :)
    Vou divulgar na minha page tá
    Bjim *-*

    ResponderExcluir
  7. Aiiii meu deuus!!!! Euuu ameeei....
    Vou ler todaaas as suas mini fics!!!
    E prometo comentar todos!!!
    Beijooes!!!

    ResponderExcluir