31 de dezembro de 2014

Happy New Year !!!

2015...Um ano para quebrar barreiras, lutar pelo que se acredita, concretizar.
Que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste novo ano que se inicia.
Feliz Ano Novo meus amores!Que 2015  seja um ano repleto de conquistas e realizações...Amo vocês ♥♥♥


25 de dezembro de 2014

Joyeux noël,Feliz Natal

23 de dezembro.  A cidade estava toda enfeitada. Paris já era linda, mas no natal conseguia ficar perfeita! Oh, me desculpe se não me apresentei. Sou Vanessa Hudgens, tenho vinte e oito anos, nasci na Califórnia, mas atualmente vivo em Paris, a cidade dos meus sonhos. Mudei-me para cá há quase quatro anos quando me formei em fotografia na Universidade da Califórnia.  Eu amo fotografar tudo. Ambientes... Paisagens... Pessoas... Mas o meu forte mesmo é fotografias em estilo lifestyle e newborn, com bebês recém-nascidos. Eu realmente sou uma fotógrafa bem conceituada em Paris devido esse meu diferencial.

Mas enfim... Após um ano já morando em paris, conheci um rapaz. Zachary Efron. Um francês de carteirinha, lindo, alto, forte, olhos extremamente azuis, meigo e mega romântico. O cara dos sonhos de qualquer mulher. Nos encontramos através de nossas profissões. Sim, por incrível que pareça ambos somos fotógrafos. Depois do nosso primeiro encontro, nos tornamos melhores amigos. Não nos desgrudávamos mais. Eu vivia na casa dele e sua mãe me tratava como se eu fosse da família. Alguns meses depois começamos a namorar.

Nosso namoro era puro e doce. Zachary era perfeito em todos os sentidos e graças a Deus nunca tivemos uma briga muito séria. Enfim... Irei passar o natal com a família Efron. Fui a um shopping e comprei presente para todos e logo voltei para o apartamento que eu e Zac dividíamos.

-Boa noite amor!

-Bonne nuit, ma princesse! Como foram as compras?

-Ótimas Zac. Acho que finalmente comprei tudo!

-Que bom, Nessa. Agora vem cá que eu estou com saudade. Já faz dois dias que não ficamos assim, em casa, sozinhos.

Zachary bateu as mãos em suas pernas e eu logo sentei em seu colo, de frente para ele. Deitei minha cabeça em seu ombro e afundei meu rosto na curva de seu pescoço. Sorri ao cheirar o local e ver Zac se arrepiar.

-Mamãe está louca para ver você. Segundo ela, uma semana sem te ver é o fim do mundo.

-É por isso que eu amo minha sogra.

Ele riu e logo senti seus lábios nos meus. Seu beijo me transmitia tanta paz e segurança que às vezes eu achava que desfaleceria em seus braços. Zac passou os beijos para meu pescoço e ombros. Quando vi, minha blusa rendada estava jogada no chão, juntamente de sua camisa. Era sempre assim. Com Zac ao meu lado eu perdia a noção do tempo e o mundo a minha volta sumia. E dessa vez não seria diferente. Me entreguei a ele como se não houvesse tempo, mundo e nem ninguém.

+++

24 de dezembro. Véspera de natal. Acordei cedo e vi que Zac não estava ao meu lado. Levantei-me, fiz minha higiene e me arrumei. Quando fui para a cozinha, vi a mesa posta com tudo que eu amava. No centro, havia uma caixa de coração com meus bombons favoritos e um cartão.

“Bonjour, ma belle. Preparei esse café para que você comece muito bem o seu dia. Tive que ir para a casa dos meus pais para ajudá-los a resolver uma questão da loja deles. Não volto em casa, te espero lá. Perdoe-me por não estar aí, mas espero que goste de meu pequeno presente que está em cima da mesinha de centro na sala. -Com amor, seu Zac”.

Corri até a sala e vi uma caixa preta com um enorme laço dourado e vermelho. Cuidadosamente, me desfiz do laço e tirei a tampa. Era um vestido. Lindo. Zachary tinha bom gosto e sempre acertava nos presentes. E esse, eu com certeza, usaria na noite de hoje.

+++

Já eram quase oito quando terminei de me arrumar. Após prender meus cabelos em um coque grego e meio desalinhado e passar uma maquiagem leve, destacando os olhos, vesti cuidadosamente meu mais novo  vestido, que serviu como uma luva, e coloquei um par de brinco dourados. Para completar, calcei uma sandália de salto alto preta e peguei em uma bolsa de mão dourada.



Dei uma última olhada no espelho e sorri com a imagem. Peguei os presentes, tranquei o apartamento e me dirige até a residência dos Efron’s.

Ao chegar lá, apertei a campainha e quem atendeu foi  minha querida sogra, dona Heloíse.

-Est le bienvenu, cher!

Ela me abraçou forte e logo me puxou para dentro de casa. A casa estava linda, toda decorada com enfeites natalinos e uma música baixinha e tranquila se ouvia ao fundo. Guardei os presentes e depois fui cumprimentando as pessoas que ali estavam. Quando coloquei meus olhos em Zac, meu coração disparou e meus olhos brilharam. Ele estava lindo. Mais lindo que nunca. Usava uma calça jeans escura e uma camisa social branca, com os primeiros botões abertos. Ele estava conversando com o pai e eu me aproximei devagar. Quando estava próxima o bastante, pousei minhas mãos em sua cintura e o abracei por trás. Senti suas mãos segurarem as minhas e ele se virar para ficar de frente para mim.

-Você está perfeita, mon amour!

-Obrigada, amor. Você também está lindo. E obrigada pelo presente.

Ele sorriu e me abraçou, depositando um beijo em minha testa. Depois, cumprimentei meu sogro e ficamos conversando. As horas se passaram e enfim era a hora de trocarmos os presentes.

Quando chegou a vez de Zac, ele entregou o presente de todo mundo e deixou o meu por último. Quando se aproximou de mim, me puxou pela mão e me deu um beijo na bochecha.

-Bom, amor. O meu primeiro presente você já ganhou, e cá entre nós, ficou divinamente em você.

Ele pegou minha mão, me fazendo dar uma voltinha, o que fez todos rirem.

-Agora esse é meu segundo presente.

Ele me entregou um envelope e quando o abri encontrei duas passagens de avião para a Califórnia e o olhei com os olhos brilhando.

-Sei que você está morrendo de saudade de seus pais, então achei que seria legal se fossemos passar o ano novo lá. Já está tudo certo e toda sua família já tá sabendo. Gostou?

Ele me olhou apreensivo, mas esse olhar logo mudou depois que abri um sorriso gigante em sua direção.

-Eu amei, amor. Obrigada!

Beijei sua bochecha e o abracei fortemente.

-Que bom que gostou, mas ainda não terminou. Bom... Nessa, você sabe que eu te amo e que não sei viver sem você e tudo mais. Até porque não me canso de te dizer e te provar isso todos os dias. Mas eu acho que já está na hora de ir mais além. Quero poder andar por aí com você e dizer que você é minha mulher e que ninguém te roubará de mim. Quero acordar todos os dias, tendo a certeza de que você ainda vai estar lá. Quero estar com você quando seus cabelos começaram a ficar brancos. Quero estar com você quando eu virar um velho chato e você uma velhinha caduca. Eu preciso viver o resto da minha vida ao seu lado. Eu quero começar a construir nossa família. Quero você pra sempre na minha vida e no meu coração. E é por isso que eu preciso saber se você aceita se casar comigo?

Eu estava feita em lágrimas e quando vi Zac abrindo uma caixinha e revelando um lindo anel de noivado, minha situação piorou. Desmanchei-me em lágrimas e não consegui conter a emoção. Beijei seus lábios com calma e ternura, agradecendo mentalmente a Deus, por ter encontrado Zachary Efron.

-É o que eu mais quero nesse mundo, Zac. Ser sua pra sempre e construir uma vida ao seu lado. É claro que eu aceito me casar com você.

Ele sorriu em meio às lágrimas e logo colocou o anel em meu dedo. Era lindo e simples. Volto a dizer que Zac sempre sabe o que escolher para me agradar. Ele me beijou novamente e ouvi várias risadas, gritos, palmas e assovios vindos das pessoas ali presentes.

-Bom, agora é minha vez. Então, amor... Fiquei igual a uma louca esse último mês tentando procurar um presente capaz de compensar tudo o que você fez e faz por mim, mas não encontrei nada. Eu queria expressar o tamanho do meu amor por você, mas cheguei a pensar que isso seria impossível.  Mas duas semanas atrás, comecei a senti algumas coisas estranhas e procurei um médico. Fiquei com medo de estar doente e por isso não te contei. E bom... Acho que pode não ser um presente material,isso que eu vou te dar, mas tenho certeza que será o maior dos presentes que vamos receber em toda nossa vida. O mais especial e o mais puro e delicado de todos.

Peguei um pequeno embrulho entreguei a ele. Zac abriu e me olhou chorando.

-Parabéns, papai!

Na caixa haviam dois sapatinhos de lã, um azul e um rosa, e um cartão com os dizeres “Papai, estou chegando.”

Zachary colocou a caixa em cima da mesinha de centro e me abraçou com toda a delicadeza do mundo e chorou em meu ombro, me agradecendo por me dar o melhor presente de todos, afinal, seu sonho era ser pai. Quando se acalmou, me olhou nos olhos e repousou uma mão em meu rosto e a outra em minha barriga. Ficamos nos olhando e sorrindo apreciando aquele momento único e mágico. De repente ouvimos um click e quando olhamos, minha sogra estava com uma câmera fotográfica nas mãos.

-Me desculpem, mas tive que registrar esse momento.

Balancei a cabeça negativamente, rindo, assim como todos ali, e voltei meu olhar para Zac.

-Joyeux noël, mes amours.


-Feliz natal, minhas vidas!


+++ 

Feliz natal meus amores!!! Que o Menino Jesus abençoe e ilumine o lar e a família de cada uma de vocês!!! Sei que a fic está pequenininha, mas foi o que consegui escrever com a correria do fim de ano...Agora enfim, literalmente, estou de férias e poderei me dedicar mais aos meus blogs!!!
Me acompanhem também em You are my destiny e comentem :)
Beijos e até mais!!!




3 de novembro de 2014

One Life

#Zachary

Em dezembro irá fazer quatro anos que eu e Vanessa terminamos. Na verdade, que ela terminou comigo. Eu ainda não consigo entender o que deu nela para tomar tal decisão. Nós não éramos de brigar. Mesmo quando estávamos longe um do outro, conversávamos pelo Skype e por mensagens. Eu sei que não é fácil manter um relacionamento como nós mantemos por cinco anos, mas eu a amava tanto que seria capaz de qualquer coisa por ela. Mas agora ela está com Austin. Aquele infeliz tem a única coisa que eu realmente senti que fosse minha. Ele tem a minha Vanessa. E ela parece ser tão feliz com ele. Às vezes até mais do que quando namorava comigo. Deve ser porque ele sempre pode estar perto dela, e eu, esse idiota aqui, estava sempre trabalhando.

Às vezes desejo que minha vida volte a ser como antes, sem fama, sem dinheiro, sem nada. Mas se eu não tivesse nada disso, eu não teria conhecido a Vanessa. Mas hoje, depois de quatro anos separados, eu seria capaz de largar tudo por ela. Eu sei que ultimamente tenho vivido pelo trabalho, é um filme atrás do outro, mas faço isso para ocupar a cabeça. Depois da minha pequena - nossa como eu amava chamá-la assim-, não consigo firmar em outro relacionamento. Tive alguns rolos com algumas garotas, como a Lily e a Halston, mas não foi nada sério. Só tenho medo de nunca mais encontrar alguém que possa me fazer sentir ao menos um terço do que a Vanessa fez. Enfim, se eu pudesse ao menos vê-la, pudesse senti-la mais uma vez seria tão incrível para mim.

Mas, mudando de assunto, Ashley se casou, pois é minha loirinha se casou! Por causa do trabalho não pude comparecer ao seu casamento, mas, sabe, foi bom. Se eu tivesse ido, Vanessa daria qualquer desculpa para não ir e sei que sem ela lá, Ashley não teria o casamento completo. Mas para compensar isso, Ashley dará um pequeno jantar em sua nova casa na semana que vem, não tenho a mínima ideia de quem irá comparecer, mas de uma coisa eu sei, a Vanessa não irá.

#Flashback on

-E então Zac? Você vai né? Não pode me dizer não outra vez.

-Vou sim, loirinha. As gravações de We Are Your Friends terminam essa semana e depois vou dar um tempo.

-Tempo? Como assim?

-É. Vou dar um tempo na minha carreira. Ashley, meu trabalho me trouxe tudo o que tenho hoje, mas você sabe que o que eu realmente queria se foi por causa dele.

Ela me olhou tristonha e sorriu amarelo.

-Zac...

-Não Ashley... Tá tudo bem. Eu só preciso de um tempo. Talvez eu vá morar na casa que meus avós me deixaram, numa fazenda, mas não é nada certo ainda. E quem sabe eu consiga encontrar uma namorada que vale a pena e formar uma família.

Dei um sorriso sem graça e olhei para a parede branca da minha sala de estar. Senti a mão de Ashley fazendo um cafuné na minha cabeça e a olhei.

-Ashley... Há alguma possibilidade dela ir nesse jantar?

Perguntei com uma pontinha de esperança.

-Zac... Você sabe...

-Que ela não frequenta lugares onde eu estou. É eu sei. Mas pensei... Deixa para lá!

Ashley me abraçou forte, como sempre fazia para me confortar.

-Eu torço tanto pela volta de vocês. Mas a Vanessa é cabeça dura e o Austin inventa de tudo para que ela não termine com ele. Tenho tanto medo que isso dê casamento.

Quando ouvi a palavra casamento me afastei dela e senti que meus olhos estavam cheios de lágrimas.

-Ca... Casamento? Ashley, a Nessa não pode se casar com ele! Ela é minha, Ashley! Ela sabe que sempre vai ser minha!

Não consegui segurar as lágrimas e desabei a chorar na frente dela. Eu estava precisando disso. Há semanas que eu me sentia sufocado, abafado. 

-Zac... Não chora... Oh meu Deus, eu tenho tanto medo que você dê uma recaída e volte a se alcoolizar. Zac... A Vanessa não é a única garota nesse mundo. Eu tenho certeza que tem alguma mulher que vai te fazer feliz. Aliás, você merece isso!

-Não Ashley, eu não quero outra mulher! Quero a Vanessa, a minha Baby V! Eu largaria tudo para ter ela comigo. Eu faria tudo por ela! Eu ainda a amo tanto.

Nesse momento as lágrimas já haviam cessado e apenas soluços escapavam de meus lábios.

-Eu sei que ama...

#Flashback off

#Vanessa

-Não Ashley, não vou à sua casa, amiga! Eu já falei.

-Mas amiga... O Zac quer tanto te ver!

-Há tantas fotos minhas na internet, tenho certeza que isso basta.

-Vanessa, deixa disso! Você sabe que ele te ama!

-Ama? Com certeza! Que amor é esse que ela tanto sente por mim que me deixava pelo trabalho?

-Nessa... Você sabe muito bem como funcionam nossas carreiras. Foi isso que escolhemos quando fizemos o teste para o High School.

-Não quero saber, Ashley. O Efron é um idiota! Ele não me ama e nunca me amou! E você é outra idiota que fica caindo na conversa dele!

Senti um estalo forte e uma dor aguda se instalar em minha bochecha. Ashley havia me dado um tapa na cara. Nunca chegamos a esse ponto!

-Eu não te reconheço mais, Vanessa! Desde que começou a namorar o Austin se tornou essa pessoa ambiciosa, grossa e insensível. Quer saber de uma coisa, não precisa ir lá em casa mesmo não. Zac merece alguém melhor. Porque ele tá disposto a largar tudo para ir morar em um fim de mundo para tentar te esquecer. Ele tá disposto a deixar essa vida luxuosa que ele tem para ter uma vida normal e tentar construir uma família. E mesmo ele querendo que essa família fosse construída com você, eu não irei deixar, porque você não o merece! O Zac é bom demais para você! Fique com o Austin, vocês dois se merecem!

Ela pegou sua bolsa no sofá e saiu, batendo a porta. Haviam lágrimas em seus olhos. Lágrimas de decepção, de dor, de mágoa e tristeza. Nós nunca brigamos desse jeito e isso doeu demais em mim. Ashley era minha melhor amiga há quase dez anos e eu acabei de acabar com essa amizade.

E tem o Zac. Como assim ele iria largar tudo? Eu nunca quis que ele largasse tudo, só queria um pouco da atenção do meu namorado, será que é tão difícil alguém entender isso?! E ele quer construir uma família. Uma família. A nossa família. A família que sempre sonhamos em ter. Eu, ele, três filhos e nossos bebês, Shadow e Simon, e agora tem a Darla. E Austin não queria nada disso! Para ele estava ótimo do que jeito que está. Nós dois namorando, e nem é tão oficial assim, porque em quase três anos de namoro, ele nunca me fez um pedido oficial e nem anel de compromisso nós temos. Ele já disse que não quer ter filho nenhum, porque não gosta de criança.

Meu Deus! Eu não posso deixar minha felicidade escorrer por entre meus dedos! Eu não posso deixar que Zac se vá novamente!

+++

Já se passou uma semana desde que eu e Ashley estamos sem conversar. Apesar de ainda ter minhas outras amigas, a Laura, a Gigi, a Benson, elas não são a Ash. A minha Barbie. E eu tô sentindo muita falta dela. Chegou o dia do jantar na casa de Ashley e eu estava mal por ter falado com ela daquele jeito. Mas sou orgulhosa demais para chegar lá e simplesmente me desculpar. Eu não era assim, sempre fui super compreensível e sabia reconhecer quando eu estava errada. Zac era assim. E por isso dávamos tão certo. Eu achava lindo que mesmo quando eu estava errada, ele se culpava e logo se desculpava para que não brigássemos. Austin é o contrário. Me ensinou a pisar nas pessoas e a não me importar tanto com o que os outros sentem. Se hoje estou assim é por culpa dele. Mas eu o escolhi. Eu escolhi deixar Zac e agora eu poderia estar com ele, quem sabe pudesse estar grávida, morando numa casa de campo. Mas não... Eu escolhi fugir dos problemas e abandonar o amor da minha vida. Agora não adianta mais chorar sobre o leite derramado.

#Zachary

Enfim chegou o dia do jantar. Eu até que estava animado. As gravações de We Are Your Friends já haviam terminado e eu já tinha tudo planejado para minha mudança. Decidi realmente dar um tempo na minha carreira, “tirar umas férias”. Iria para a fazenda de meus avós e ficar por lá durantes alguns meses, quem sabe.

Eram sete da noite. Tomei banho, vesti uma calça jeans preta, uma camisa social azul e um all star preto para quebrar a formalidade. Penteei meu cabelo, deixando-o “espetado” e passei um perfume. Peguei minha carteira e minhas chaves e saí de casa, seguindo para a casa de Ashley.

-Você veio!

-Claro que sim, loirinha! Não iria te decepcionar!

-Ainda bem, senão estava morto!

Soltei uma risada e a abracei, depositando um beijo no topo de sua cabeça.

-Entra Zac, fique a vontade! O Chris tá na cozinha!

-Com licença!

Entrei em sua casa, que era linda por sinal. Ashley tinha muito bom gosto para decoração e a casa estava a sua cara.

-E ai Chris? Beleza?

-E ai cara?! Você sumiu, Zac!

Ele me cumprimentou me abraçando e dando umas batidas em minhas costas. Coisas de homem!

-Sumi nada! Mas conta aí, como é a vida de casado?

-Cara, vou te falar uma coisa, tenho certeza que foi a melhor coisa que já fiz na vida! 
Ashley é uma esposa perfeita!

-Falando de mim amor?

Ashley chegou perto de nós e selou os lábios do marido. Sorri perante a demonstração de carinho e imaginei se algum dia eu voltaria a compartilhar momentos assim com alguém que me ame. 

-E então Zac... Hoje vai vir só você. Os outros dois amigos que chamamos desmarcaram com a gente agorinha mesmo! Você se importa?

-Imagina Ashley! Não quer deixar para outro dia não?

-Não Zac. É bom que assim dá para a gente conversar mais!

O jantar foi ótimo. Depois de comermos nos sentamos no sofá da sala e fomos jogar conversa fora. Numa certa hora, Ashley e Chris se fecharam em seu mundinho me deixando alheio de tudo o que falavam. Não fizeram por mal, coisa de recém-casados. Enquanto eu via os dois conversando, rindo e trocando carinhos, pensava em Vanessa. Era algo inevitável. É só isso que eu fazia enquanto não estava trabalhando. Pensei em tudo o que nós vivemos. Pensei na época de HSM, a qual eu serei eternamente grato, pois sem ela não teria tido a chance de conhecê-la. Nossas viagens. Nossas noites juntos, onde compartilhávamos o mais íntimo amor. Nossas tardes num dia frio, nas quais ficávamos o dia todo agarradinhos debaixo dos cobertores. Nossas manhãs, nas quais eu acordava e via Nessa enroscada em meu corpo, tão minha.

-Zac?ZACHARY!

Ouvi Ashley me berrar.

-Que foi loira?

-Achei que você tinha morrido! Tem um século que tô te chamando e...

-Foi mal. Só tava pensando numas coisas aqui.

-Sei... Aposto que tava pensando nela! Acertei?

Olhei para ela com cara de poucos amigos e ouvi Chris me chamar.

-Zac, desencana da Vanessa, cara, você merece alguém melhor!

-Não é questão de querer Chris. Simplesmente não consigo! Ela foi importante demais pra mim!

Ouvimos alguém bater na porta e Ashley foi atender. Eu e Chris nos levantamos e ficamos perto dela.

-Vanessa?!

Sussurrei seu nome ao vê-la ali, parada de fora da casa, chorando.

-Ashley me desculpa! Eu não devia ter falado daquele jeito com você. Me perdoa, amiga!
Ela pulou nos braços de Ashley, a abraçando fortemente e chorando muito.

-Vanessa... Calma, tá tudo bem! Não chora!

Ashley dizia calmamente. Abraçou Vanessa e chorou com ela! Eu não sabia que as duas haviam brigado. Isso nunca aconteceu antes. Sempre deram tão certo.

-Meninas, entrem!

Chris puxou as duas para dentro e elas se sentaram no sofá. Meus olhos não saiam de Vanessa. Era a primeira vez depois que terminamos que eu estava vendo ela pessoalmente. Ela continuava linda, porém com as pontas do cabelo avermelhadas. Seus olhos bateram em mim e vi que ela ficou desconfortável.

-Ash, será que poderíamos conversar em particular?

Percebi que eu estava a mais naquela casa.

-Er... Ashley eu já vou! Obrigada pelo jantar!

Ashley se levantou rapidamente indo ao meu encontro.

-Não Zac. Fica!

-Não... É melhor não!

Olhei disfarçadamente para Vanessa e Ashley percebeu dando um sorriso triste.

-Me desculpe por isso!-ela disse sussurrando.

-Não precisa se desculpae. Ao menos pude vê-la de perto. E continua linda!-sussurrei de volta. - Mas, obrigada mesmo.

Dei um beijo em sua testa e um abraço em Chris.

-Tchau Ashley, Chris e... Vanessa!

Acenei com a cabeça para eles e saí, seguindo para minha casa, minha pela última noite.

#Vanessa

-Ashley... Eu... Não queria...

Tentei me explicar, mas não havia explicação. Deixei bem claro que não frequentava os mesmos lugares que Zac e ele sabia disso e respeitava sem questionar.

-Não Vanessa! Tá tudo bem! Ele sabe que você não...

Abaixei minha cabeça e me senti envergonhada. O quão infantil fui quando disse isso? Zac sempre foi o namorado perfeito. Por que eu o tratava tão mal? Ashley estava triste, percebia-se de longe e tudo por minha culpa.

-Me desculpa por ter sido tão infantil. Me perdoa?

-Tudo bem Vany, eu te perdoo.

+++

Passei a noite lá. Depois de uma longa conversa com Ashley fomos dormir. Fiquei no quarto de hóspedes e dormi pensando em Zac. Estava lindo. Seus olhos não tão brilhantes quanto antes, mas ainda sim lindos e azuis.

No outro dia, acordei melhor e desci para tomar café junto de Chris e Ashley. Estávamos conversando até Ashley encontra um relógio em cima da bancada da cozinha.

-É do Zac! Depois vou lá levar para ele!

É estranho ouvi-los falar do meu ex e não poder falar também.

-Ash... Tem algo que tenho que te contar!

Chris estava sério e olhei para mim.

-Quer que eu saia?-perguntei já me levantando.

-Não Vanessa. Pode ficar... Você vai ficar sabendo de todo jeito, mas isso não te importa também, então nem fará diferença. Bom Ash, agora você só vai entregar esse relógio para o Zac quando ele voltar para L.A.

-Como assim amor?

-Ele não te contou, mas ontem enquanto você colocava a mesa ele me contou que se mudaria hoje bem cedinho para a tal fazenda e que só voltaria daqui uns três ou quatro meses.

Senti meu coração doer! Zac havia ido embora! Não podia ser. 

-Três meses? Chris, por que não me contou isso antes? Eu queria me despedir dele.

-Me desculpa amor, mas a Vanessa chegou e...

Me senti uma péssima pessoa naquele instante. Eu sabia que Zac havia largado tudo por minha causa. Me levantei chorando e saí correndo da casa. Ouvi o casal me gritar, mas fingi não ouvir. Eu precisava encontrar Zac. Eu não queria perdê-lo de novo e eu estava disposta a deixar todo o meu orgulho de lado e ir atrás do único homem que amei.

Peguei meu carro e fui até a casa dele o mais rápido que consegui. Apertei a campainha milhares de vezes, mas ninguém atendeu. Quando apertei mais uma vez um senhor de idade, parecia um jardineiro, se aproximou de mim.

-Com licença senhorita, mas o senhor Efron se mudou agora cedo! Não há mais ninguém na casa.

-Ah, obrigada!

Ele se afastou e senti meus joelhos fraquejarem. CaÍ no chão chorando, arrependida por tudo o que eu podia ter feito e não fiz. Como eu era burra, meu Deus! Vanessa sua idiota!

Depois de um tempo ali, me levantei derrotada, disposta a terminar meu namoro com Austin. Nada mais teria sentido. Fiz Zac sofrer e eu também merecia passar por esse sofrimento. Andando até meu carro pisei em uma folha de papel dobrado e me baixei para pegar. Desdobrei a folha e vi a caligrafia de Zac. Provavelmente o papel havia caído durante a mudança.

“Para Vanessa Hudgens,minha Baby V.
Oi Nessa. Sei que você nunca lerá esse papel, mas resolvi escrever só para ocupar a cabeça, já que só penso em você. Você sabe que foi e sempre será a única mulher de minha vida e que eu te amo muito, mesmo depois de todo esse tempo. Sei que te magoei e te peço perdão, mas fiz tudo o que estava ao meu alcance. Agora você está feliz, está com alguém que te ama e faz por onde te merecer e fico feliz por isso. Só quero que você seja feliz, meu amor. Escrevi essa música pensando em nós e espero que goste,tanto quanto gosto de você.Te amar foi a melhor coisa que eu fiz na vida.

One life 

So girl
You just be honest with me
I know we can make this work
Love you
I know that you afraid babe
But you don't need to be saved babe
You just need someone that understands
And I think I need the same babe

Show me where you at
Lets keep it honest
Home is where you at
And thats a promise
Open up and never keep it from us
Nothing left between us, baby nothing
Tell me what you want
Lets keep it gangsta
Tell me who created you
I'd thank her
Open up and never keep it from us
Nothing left between us baby

Hopefully you'll give me a chance
All I want is love and romance
I wanna give it all
Give it all to you

I wanna dream what you dream
Go where you going
I only have one life
And I only wanna live it with you
I wanna sleep where you sleep
Conect with your soul
The one thing I want in life
I only wanna live it with you
Oh yeah
Oh yeah
I only wanna live it with you
Only wanna live it with you

Tell me what you want
I can't believe it
I know that if we make it theres a reason
Sometimes the sun shines baby
Sometimes it ain't breezy
I hope that maybe this time
It may be diferent
I told imma make it a commitment
Yeah, you took your shot and I didn? t miss it
Ain? t nothing more attractive than a mission
Hopefully you'll give me a chance
All I want is love and romance
I wanna give it all
Give it all to you

I wanna dream what you dream
Go where you going
I only have one life
And I only wanna live it with you
I wanna sleep where you sleep
Conect with your soul
The one thing I want in life
I only wanna live it with you
Oh yeah
Oh yeah
I only wanna live it with you
Only wanna live it with you

If I came to your crib
Woul you open the door?
I don't wanna go down that road no more
Said you wanted it bad
But girl I wanted it more
You the only one I want be with, yeah

I wanna dream what you dream
Go where you going
I only have one life
And I only wanna live it with you
I wanna sleep where you sleep
Conect with your soul
The one thing I want in life
I only wanna live it with you
Oh yeah
Oh yeah
I only wanna live it with you
Only wanna live it with you

Uma Vida

Então, garota
Apenas seja honesta comigo, eu sei que poderemos fazer com que isto dê certo
Eu te amo
Eu sei que você está com medo, amor
Mas você não precisa ser salva, amor
Você só precisa de alguém que a entenda
E eu acho que também preciso, amor

Me mostre onde você está, vamos manter isso honesto
Em casa é onde você está e isso é uma promessa
Abra e nunca tire isso de nós
Nada entre nós, amor, nada
Me diga o que você quer, vamos manter isso gangsta
Me diga quem te criou, eu agradecerei à ela
Abra e nunca tire isso de nós
Nada entre nós, amor

Espero que você me dê uma chance
Tudo o que quero é amor e romance
Eu quero dar tudo, dar tudo para você

Eu quero sonhar o que você sonha
Ir para onde você está indo
Eu tenho apenas uma vida
E só quero vivê-la com você
Quero dormir onde você dorme
Me conectar com a sua alma
A única coisa que eu quero na vida
Eu apenas quero vivê-la com você
Oh yeah, oh yeah
Eu só quero vivê-la com você
Quero apenas vivê-la com você

Me diga o que você quer, eu não consigo acreditar
Eu sei que se nós sobrevivermos terá uma razão
Algumas vezes o Sol brilha, amor
Algumas vezes não está ventoso
Eu espero que talvez desta vez seja diferente
Eu te disse que faria isto acontecer, eu me empenho nisso
Yeah, você deu sua chance e eu não perdi
Nada mais atraente do que uma missão
Espero que você me dê uma chance
Tudo o que quero é amor e romance
Eu quero dar tudo, dar tudo para você

Eu quero sonhar o que você sonha
Ir para onde você está indo
Eu tenho apenas uma vida
E só quero vivê-la com você
Quero dormir onde você dorme
Me conectar com a sua alma
A única coisa que quero na vida
Eu quero apenas vivê-la com você
Oh yeah, oh yeah
Eu quero apenas vivê-la com você
Só quero vivê-la com você

Se eu fosse para sua casa, você abriria a porta?
Eu não quero passar por aquilo de novo
Disseram que você queria muito, mas garota, eu queria mais
Você é a única com quem quero ficar, yeah

Eu quero sonhar o que você sonha
Ir para onde você está indo
Eu tenho apenas uma vida
E só quero vivê-la com você
Quero dormir onde você dorme
Me conectar com a sua alma
A única coisa que quero na vida
Eu só quero vivê-la com você
Oh yeah, oh yeah
Eu só quero vivê-la com você
Quero apenas vivê-la com você


É isso aí minha pequena, isso é a única coisa que eu quero na vida! Espero que algum dia você possa me perdoar!Eu só tenho uma vida e queria muito poder vivê-la ao seu lado. Te amei no passado como te amo no presente e sei que irei te amar eternamente.
-Beijos do seu eterno Zac Efron”

 +++

Eu precisava encontrá-lo. Eu ainda o amava, sempre soube disso e só agora que ele está longe que me dei conta. Sequei minhas lágrimas e guardei a folha em meu bolso. Saí em disparada para a casa de Ashley. Eu precisava saber para onde Zac se mudaria. Ashley e Chris não sabiam, pedi a eles então, o número de Dylan, ele sim saberia do paradeiro do irmão. Dylan atendeu, mas parecia não acreditar que era eu. Depois de muita insistência ele me deu o endereço da fazenda para onde Zac havia se mudado. Fui até lá o mais rápido que consegui. Começou a chover, mas não me importei. Andei até a porta da casa e bati três vezes. Ouvi passos sobre o assoalho de madeira e depois a maçaneta girou.

#Zachary

Uma forte chuva começou. De repente ouvi batidas na porta. De primeira pensei que pudesse ser alguém que passava pela estrada e quisesse apenas um lugar para se esconder. Mas quando abri a porta, a surpresa foi tão grande que perdi todos os sentidos.

-Vanessa?!

- Eu tenho apenas uma vida e quero apenas vivê-la com você!

Mas... Como ela sabia?! Seus olhos brilhavam por causa das lágrimas. Sua boca estava curvada num pequeno sorriso. Seu corpo estava todo molhado. Isso só podia ser um sonho, mas não. Ela realmente estava ali. Minha Vanessa. Agarrei-a pela cintura a abraçando forte e rodopiando com ela na chuva. Vanessa grudou os lábios nos meus, iniciando um beijo cheio de amor e saudade.

- I only have one life and I only wanna live it with you!

Cantei em seu ouvido e logo voltei a beijá-la selando uma nova fase da nossa vida, do nosso amor.

+++  +++  +++ 


Bom,antes de tudo  quero agradecer a Liriane pelo conselho que ela me deu, valeu amore! E agora queria dizer que fiquei muito chateada com minhas leitoras -exceto com a Liri. No dia do aniversário do Zac postei uma mini fic especial e só teve um comentário. Foi uma fic diferente das que eu costumo escrever,puxada mais para um amor erótico. Quis fazer algo diferente e sair um pouco do romantismo clichê.Sem obter sucesso, resolvi excluir a fic e peço desculpas se ofendi alguém com a história. Mas gostaria que houvessem mais comentários, sejam eles elogios ou críticas, porque quem escreve precisa sim receber críticas, aliás ninguém é perfeito! É isso aí meninas, espero que colaborem comigo, comentar não custa nada e é um grande incentivo para a escritora. Me desculpem mais um vez! Fiquem com Deus e até mais!